20.6.10

Prémio NÓvelo de Lã

ENSAIO SOBRE A COBRA ZAROLHA conta a história de uma extravagante epidemia de masturbação, inexplicável, que se abate sobre um estado não identificado. Tal "cegueira escura" assim chamada, pois as pessoas lazaradas passam a ver apenas uma aparência aparente de solidão. Manifesta-se primeiramente num nativo no trânsito e, lentamente, espalha-se pelo país. Aos poucos, todos acabam impotentes e reduzidos a meros indivíduos não reprodutores, lutando por suas necessidades primárias, declarando seus instintos primários da continuação da espécie. A trama segue uma mulher da vida, a única pessoa que não é prejudicada pela doença.

3 comentários:

purita disse...

pronto. passou-se.

PCS disse...

eheheh às vezes...

Me Hate disse...

Bom fartei-me de rir ainda por cima, fizeste este post no dia dos meus anos... Estavas fino, ai estavas, estavas... ;)

Arquivo